Mais premiações chegam da Espanha

Vinhos e espumantes brasileiros arrematam medalhas no Bacchus

Foto: Divulgação ABE

O XVI Concurso Internacional de Vinhos – Bacchus 2018 amplia o ranking de medalhas dos vinhos e espumantes brasileiros. Foram duas Medalhas de Ouro e três de Prata, num universo de 1.740 amostras de 20 países, avaliadas por 82 degustadores. O concurso foi realizado de 8 a 12 de março, em Madri.

O diretor da Associação Brasileira do Enologia (ABE), enólogo Michel Zignani, representou o Brasil no júri. Segundo ele, o Bacchus é o concurso de referência dos vinhos espanhóis, embora haja uma grande diversidade de países participantes. “É um concurso muito técnico, com um quadro de jurados multidisciplinar nas áreas do vinho, formado por enólogos, jornalistas especializados, master of wine e coordenadores de outros concursos internacionais. O nível de exigência é bastante alto. Percebe-se que é priorizado a elegância e a fineza dos vinhos em detrimento da potência”, relata.

O Bacchus 2018 homenageou a República Tcheca, que apresentou seus vinhos mais emblemáticos durante a cerimônia de abertura realizada na embaixada do país na capital espanhola.

 

PREMIAÇÕES

Medalha de Ouro

Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Casa Valduga Gran Leopoldina Chardonnay DO 2017 – Casa Valduga Vinhos Finos

 

Medalha de Prata

Casa Valduga Identidade Gran Corte 2012  – Casa Valduga Vinhos Finos

Aurora Reserva Chardonnay 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Miolo Terranova Brut – Miolo Wine Group Vitivinicultura

Escrito por

Vivamus vel sem at sapien interdum pretium. Sed porttitor, odio in blandit ornare, arcu risus pulvinar ante, a gravida augue justo sagittis ante. Sed mattis consectetur metus quis rutrum. Phasellus ultrices nisi a orci dignissim nec rutrum turpis semper.